Bem-estar e o futuro do trabalho

"Não será a Inteligência Artificial que ficará com os nossos empregos. É o próprio modelo de trabalho contemporâneo que está esgotado. Relembro Agostinho da Silva. Ele defendia que o ser humano não foi feito para trabalhar, mas sim para criar. Para que isso seja possível,todos terão de desempenhar tarefas concretizadoras de sentido nos seus empregos." - Paulo Vieira de Castro na revista Zen Energy (Maio 2018). Leia o resto do artigo:

PDF

Featured Posts
Recent Posts